9 dicas para aumentar o giro de estoque no varejo

O giro de estoque pode ser definido como o tempo que uma mercadoria permanece parada no estoque, levando em consideração a hora em que dá entrada até sua baixa no momento de uma venda — baixo giro representa mercadoria parada, que, por consequência, representa dinheiro parado na empresa.

Para evitar esse tipo de situação, garantir que o capital possa ser bem empregado e o giro de estoque na sua empresa se mantenha em níveis satisfatórios, listamos 9 dicas que poderão auxiliá-lo. Confira a seguir!

1 – Realize ações promocionais

Faça uma avaliação dos itens que têm pouca ou nenhuma saída em seu estoque. Considere a criação de uma ação promocional — as chamadas “queimas de estoque” são uma excelente opção.

Essas estratégias, mesmo que reduzam a margem obtida com a venda dos produtos, ajudam a manter e aumentar giro de estoque, impedindo que alguns itens fiquem parados, se tornem obsoletos ou se deteriorem.

2 – Elabore kits

Além das ações promocionais, outra opção que contribui para aumentar o giro de estoque no varejo é a criação de kits promocionais com itens da mesma categoria ou que se relacionam. Esses kits podem chamar a atenção dos consumidores pela praticidade e também pelo preço.

3 – Redirecione o planejamento

Medidas como a criação de promoções e kits especiais ajudam a liberar o estoque que esteja com baixa rotatividade. Contudo, para que o giro de estoque possa se manter em níveis satisfatórios, é necessário repensar o planejamento.

Nesse sentido, o ideal é integrar os setores de vendas e compras, para que seja possível fazer — da forma mais assertiva possível — um planejamento da demanda e a programação de compras, garantindo que itens com o giro baixo sejam adquiridos em menores quantidades e em menor frequência.

Existem, por sinal, alguns softwares que disponibilizam relatórios completos sobre a entrada e saída de itens, possibilitando melhorias na gestão do estoque.

4 – Faça análises da curva ABC

A curva ABC é uma ferramenta de análise de estoque que aponta a classificação dos itens em termos de giro e faturamento. Itens contidos na classe A são aqueles que têm maior giro e representatividade, os da classe B são intermediários e os da C são aqueles que têm pouco ou nenhum giro — representando um percentual mínimo no valor do faturamento total.

Essa curva é o melhor indicador para se usar na hora de definir a composição do estoque e fazer com que o capital da empresa seja melhor empregado.

5 – Aprimore a comunicação

Como dissemos mais acima, a integração entre as áreas é essencial para que tanto as análises quanto o processo decisório sejam mais assertivos.

A forma mais adequada e prática de estimular essa integração é por meio da comunicação. Tenha em mente que a troca de informações relevantes deve ocorrer de forma fluida, objetiva, clara e em tempo hábil.

6 – Melhore o armazenamento

Para ocorrer giro de estoque no varejo, é essencial que se pense cuidadosamente em melhorias de armazenamento. Com esse tipo de preocupação, os clientes farão menos reclamações e devoluções, pois os produtos estarão sempre bem conservados e acondicionados.

Por outro lado, se houver problemas de giro de estoque, o armazenamento se mostra importantíssimo, uma vez que há produtos em encalhe e mais espaço será necessário para acomodar tudo.

Uma sugestão que podemos dar é relativa à economia de armazenamento de estoque. Busque algum local diferente para ficar com o excedente de estoque e pesquise bem os valores, para que isso represente, de fato, economia para o negócio.

7 – Estabeleça treinamentos

Para que o giro de estoque ocorra, é necessário haver a venda, certo? E você só pode vender aquilo que conhece e acredita. Nesse sentido, é muito relevante investir em treinamentos para toda a equipe de vendas.

Dessa maneira, os colaboradores conhecerão todos os detalhes de cada produto e saberão apresentá-los a contento para os consumidores, o que, certamente, ampliará os índices de venda da marca.

Em contrapartida, se funcionários não têm informação para fornecer ao público, não conseguirão vender e, consequentemente, o giro de estoque não ocorrerá.

Garantindo-se uma autonomia pontual para a equipe de vendedores pode ajudá-los a tomar decisões mais rápido, pois estarão por conta própria.

8 – Use softwares de gestão

Controle é fundamental para que se tenha bons referenciais a respeito do que está ocorrendo com o giro de estoque. Planilhas e outros tipos de controle manual têm eficácia limitada. Então, a recomendação é que você procure lançar mão de um software de gestão de estoque.

Esse tipo de sistema ajudará na intercomunicação de áreas relacionadas às vendas — vendas, compras, promoções e estoque, por exemplo — e passará a ter controle melhor sobre o produto e as atividades relativas ao estoque, bem como à estrutura do negócio, como um todo.

Portanto, o retrabalho estará eliminado. Além de oferecer a chance de as informações estarem bem organizadas e tratadas, o produto precisa apenas de um cadastro único. A partir disso, toda a vida do produto pode ser acompanhada, para melhores resultados.

9 – Dê cartões-presente

Como vimos, promoções são boas alternativas quando pensamos em giro de estoque. Entretanto, a questão não se refere somente a uma baixa de preços, sem critério, mas, sim, em estudar o comportamento do público-alvo e oferecer o que lhe interessa.

Por exemplo, ações estratégicas como oferecer cartões-presente para que o cliente passe a ter um saldo disponível para utilizar como quiser, de maneira livre. Esse tipo de abordagem envolve o consumidor, fazendo-o comprar com você.

Não raro, até adquirindo mais produtos que o valor do cartão-presente. Essa é uma ótima maneira de aumentar a satisfação do consumidor com sua marca.

Como é possível ver, aumentar o giro de estoque depende de liberar os itens que estão parados, mas, também, em grande parte, de planejamento e análise. Logo, é importante que os processos sejam revisados e, caso necessário, que sejam redirecionados, buscando sempre aprimorar os resultados.

Sua empresa vem enfrentando problemas para manter o giro de estoque em níveis satisfatórios? Conhece alguém que também passa por essas dificuldades? Então, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude a todos!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.