Afinal, por que a segurança no varejo online é tão importante?

O comércio online faz cada vez mais parte da vida das pessoas, chegando a superar as lojas físicas em alguns setores. Mesmo os produtos mais tradicionais, como alimentos e roupas, já podem ser comprados por meio do computador da mesma forma que com um vendedor.

Porém, junto com as vantagens da tecnologia, o varejo online também enfrenta algumas das ameaças à segurança que circulam na internet.

A última coisa que um empreendedor deseja é que seus clientes e negócios sejam prejudicados. E sem a devida precaução, os riscos da internet são muito grandes. Especialmente para uma empresa que movimenta muito dinheiro.

Para se preparar, é importante entender quais são essas ameaças e como você pode se prevenir contra elas. Confira no post de hoje:

Riscos do meio virtual

Qualquer pessoa com alguma experiência no mundo da internet sabe o quanto é importante estar prevenido contra certas ameaças. Isso envolve tanto a utilização de programas de proteção quanto o posicionamento ativo dos indivíduos que utilizam esta tecnologia.

Uma ameaça muito comum ao varejo online é o phishing. O significado da palavra é literalmente “pescar”, referência ao objetivo do golpe. O phishing ocorre por intermédio de um e-mail ou site aparentemente confiável, mas que é apenas uma fachada.

O usuário fornece dados pessoais achando que está falando com sua loja, mas, na verdade, está enviando suas informações para um criminoso.

Outro problema muito sério é o risco de invasão do seu site. Ao entrar no seu sistema, o invasor pode roubar dados de usuários cadastrados, desviar depósitos e pagamentos, além de usar sua página como plataforma para cometer outros crimes.

E sem um protocolo adequado de verificação e proteção, o invasor pode permanecer em contato com o site por tempo indeterminado.

Formas de proteger o seu varejo online

Felizmente, não é necessário abandonar a ideia de uma loja virtual. Ao mesmo tempo em que surgem mais ameaças, também são desenvolvidas novas formas de impedi-las. Conhecendo as ferramentas, é possível manter sua loja virtual sempre segura e evitar danos caso uma invasão ocorra.

O mais óbvio é manter um firewall e um antivírus sempre ativos e atualizados para o seu varejo online. São as camadas de proteção mais elementares de todo sistema virtual, tanto de uso pessoal quanto profissional.

Claro, como os invasores podem estar mais empenhados em quebrar sua proteção, você pode precisar de algo mais do que um antivírus padrão.

Capacitar sua equipe para prevenir esses problemas também é importante. Muitos hackers e vírus entram no sistema de uma empresa a partir de ações simples, como o uso de pendrives e abertura de e-mails suspeitos. Promover treinamentos regulares sobre a segurança de dados pode prevenir muitos problemas na sua empresa.

Por fim, tenha sempre uma equipe de TI bem capacitada para lidar com emergências. Eles podem avaliar melhor a situação, determinar quais softwares de segurança são melhores e atuar de forma mais proativa para garantir a segurança da sua loja virtual.

Agora que você já entende as ameaças que o seu varejo online pode sofrer, é hora de começar a promover mais segurança virtual. Para continuar acompanhando nossos conteúdos, siga a nossa página no Linkedin e receba as novidades que compartilhamos em primeira mão!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.