Como integrar o digital e Data Analytics em seu desenho organizacional

Planejamento é a uma das palavras-chave para o sucesso em qualquer organização, especialmente em uma empresa. Por isso a importância de ter um desenho organizacional bem elaborado. Mas, para manter o progresso na era da informação, esse desenho deve integrar estratégias digitais e o trabalho de Data Analytics do seu negócio.

O acompanhamento de dados é uma tarefa muito importante em qualquer empresa. Com informações bem detalhadas, você pode tomar decisões empresariais mais eficientes e rentáveis. Se isso for parte do seu workflow, suas chances de obter um retorno mais alto são bem melhores.

Para te ajudar um pouco mais nesse processo, trouxemos aqui alguns pontos de destaque para a integração do digital e do Data Analytics dentro do seu desenho organizacional. Acompanhe:

Tenha um time completo

Independentemente do porte da sua empresa, qualquer processo de Analytics será consideravelmente complexo. O principal motivo para isso é que, para ter dados mais úteis, é necessário que os profissionais envolvidos possuam uma ampla gama de habilidades e formações — como tecnologia da informação, administração de empresas, logística, jurídico, vendas, entre outras.

Além disso, você também deve considerar o tipo de perfil profissional desejado para cada área. Mais dinâmico, metódico ou criativo. Recursos difíceis de obter em um negócio com uma equipe muito pequena.

Durante o processo de ampliação da sua empresa, invista em profissionais com estas e outras capacidades para contribuir com os diversos estágios da análise de dados. Em alguns casos, você pode até terceirizar parte desse time, se for necessário.

Delimite as tarefas de cada equipe de dados

O desenho organizacional do processo de Data Analytics costuma seguir um mesmo padrão em várias empresas. Entender a função de cada estágio pode te ajudar a segmentar melhor e otimizar sua equipe.

Primeiramente, há a coleta de dados brutos. É um trabalho principalmente delegado aos profissionais de tecnologia, pois a maior parte das informações hoje em dia podem ser captadas por softwares dedicados. Em seguida, vem o armazenamento e organização desses dados, que facilitará o seu resgate posterior.

Em seguida, vem o processo de análise dos dados, que coloca as informações em perspectiva para melhorar o entendimento sobre a situação. Por fim, essa avaliação deve ser transformada em ações concretas, com um retorno já previsto.

Conhecendo essas divisões, você pode delegar tarefas de forma mais eficiente, economizar tempo e evitar retrabalhos desnecessários.

Atue como intermediário entre os grupos

Ao observar o seu desenho organizacional, você deve notar como a comunicação entre as diferentes partes da empresa é vital para o seu funcionamento, especialmente no que envolve o Data Analytics. Garantir que cada profissional tenha acesso às informações que precisa, com o mínimo de ruído, faz toda a diferença na sua produtividade.

Pensando nisso, o ideal é que você, enquanto administrador, atue como um intermediário nestas trocas. Dessa forma, todas as informações podem ser filtradas mais facilmente, além de haver uma centralização para todas as agendas de tarefas.

Agora você já está um pouco mais preparado para integrar o digital e o Data Analytics dentro do seu desenho organizacional. Tem mais alguma dúvida sobre o tema? Então deixe um comentário com sua pergunta!

Gostou de saber mais sobre como integrar o digital e Data Analytics em seu desenho organizacional? Se você quer mais novidades, venha nos seguir no Facebook e no LinkedIn!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.