As infinitas possibilidades do cartão pré-pago

De entretenimento a transporte, hoje o consumidor tem à disposição grande variedade de serviços, sem depender de monopólios. A TV aberta deu lugar à assinatura a cabo, que por sua vez já enfrenta a concorrência de serviços de streaming de filmes e séries pela internet. Enquanto os táxis e ônibus dividem os passageiros com aplicativos de transporte de carros privados. Na música, artistas e gravadoras se renderam também ao serviço de streaming, em uma inteligente – e recente – reviravolta da indústria fonográfica. E o que falar dos games, que além dos consoles, dominaram os computadores e os smartphones.

Cartão Pré-Pago

Mas o que tudo isso tem a ver com cartão pré-pago? Tudo! O consumo desses diferentes formatos de conteúdo e serviço se dá por pagamentos de assinaturas eletrônicas ou cartões de crédito cadastrados dentro de aplicativos (in-app) e de websites.

Mas nem todo mundo pode usar cartão de crédito, por questão de confiança ou por não poder comprometer o limite.

Da mesma forma, nem todo mundo tem paciência de emitir boleto e fazer um pagamento por essa modalidade, pela falta de acesso ao internet banking ou por preguiça mesmo.

Praticidade

Nesse cenário em que a praticidade fala mais alto, o cartão pré-pago é a melhor solução para acesso a todas essas modalidades de serviços.

Vendidos em caixas de diversas lojas e supermercados, os cartões ficam à disposição dos consumidores interessados. Basta passar junto com a compra que o valor do cartão será ativado.

Depois, é só raspar e digitar o código na área de “pagamentos” do serviço escolhido. Seja um Netflix, Uber, Xbox, Riot, League Of Legends… Simples assim.

Não há novo serviço ou conteúdo que possa surgir, que o pré-pago não poderá se adaptar e se tornar opção para o consumo. Quantos pais por exemplo, não preferem controlar melhor os gastos dos filhos com games e afins? Com cartão pré-pago isso fica evidente. Do ponto de vista do usuário é mais controle e mais poder – afinal, em muitos casos de cartões, é ele quem decide o valor que irá colocar.

Ou seja, se você é serviço ou conteúdo, pense na possibilidade do pagamento pré-pago para seus clientes! Se você é lojista, ofereça os plásticos no caixa para eles e agregue mais uma vertical em seu negócio, que só trará ganhos.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"