Como atrair clientes em uma loja com grande mix de produtos?

Você sabe como atrair clientes em uma loja com grande mix de produtos? A economia brasileira passa por um momento delicado. O mercado está mais retraído e os consumidores, que tiveram seu poder de compra drasticamente reduzido nos últimos meses, estão pensando duas, três e até quatro vezes antes de fazer qualquer compra.

Só que a roda da economia não para: mesmo com a crise as pessoas precisam consumir, nem que seja apenas o básico para sua sobrevivência.

E para superar esse cenário de fortes incertezas e queda no consumo, é essencial pensar em novas estratégias para reinventar o negócio, de modo a gerar fluxo de caixa e afastar o fantasma da crise para bem longe.

Se você está aí justamente pensando em possíveis soluções para gerar e manter receita, especialmente na sua loja que conta um grande mix de produtos, acredite: a leitura do nosso artigo de hoje será muito rica para você.

Listamos algumas dicas infalíveis a serem adotadas por gerentes que desejam ver os corredores de suas lojas cheios de cliente. Confira!

Adote a segmentação segundo perfis de compra

Ao entrar numa loja que oferta um grande mix de produtos, o cliente tem certeza de (ou, pelo menos, acredita) que ali ele encontrará o item que deseja. Mas ele precisa achar o que está procurando!

É justamente aí que está a importância de segmentar sua loja segundo perfis de compra: ofertar facilmente aos clientes os produtos que eles estão procurando.

O primeiro passo para acertar nesse quesito é saber o que esses clientes necessitam: ou seja, é preciso conhecer os diferentes perfis de clientes.

Feito isso, organize o espaço interno de sua loja, segmentando-a de acordo com os perfis estabelecidos.

E, por último, invista no treinamento dos seus funcionários, afinal, se mesmo com os produtos distribuídos de acordo com o perfil de compra, o cliente não achar o que estiver procurando, alguém na sua loja vai ter que ajudá-lo nessa busca, concorda?

Conheça bem seus clientes

Para ter sucesso no varejo é fundamental saber qual é seu público-alvo, suas características e suas necessidades. Toda a sua loja e estratégias de venda devem ser feitas com base no perfil do seu cliente.

Você consegue traçar esse perfil avaliando os resultados de venda da sua loja e fazendo pesquisas de mercado.

Atualmente, os gestores do varejo têm utilizado o Big Data para ajudar nesse reconhecimento e entendimento dos seus clientes.

Os bancos de dados são gerados a partir do comportamento dos consumidores, virtual ou fisicamente. O fluxo de informações coletadas pode ser analisado e utilizado a fim de descobrir quem é o cliente, o que e como ele compra, quais suas necessidades e como é a relação com sua marca.

Para contar com um Big Data eficiente, é fundamental investir em organização interna e processos automatizados.

Invista em promoções de produtos selecionados

Quem não gosta de um mimo? Pois é, essa parece uma pergunta boba, mas ela tem tudo a ver com o seu negócio e pode potencializar muito suas vendas.

Conseguiu entender? Não? Calma, a gente explica.

Mesmo que o cliente entre em uma loja apenas para comprar alguns poucos produtos básicos que estejam faltando em sua despensa, não vai ser nada mal levar um item diferente que funcione como um pequeno luxo.

Esse tipo de compra reflete o pensamento: “ah, eu mereço!”. Portanto, explore esse tipo de consumo!

Organize uma seção específica com produtos selecionados do seu mix. Feito isso, deixe claro que naquela área em particular estão concentrados itens especiais para o consumidor.

Se esses tais produtos selecionados estiverem em promoção, aí sim é que a vontade de ceder a essa tentação vai aumentar. E espere: seu ticket médio, com certeza, vai subir.

Tenha uma vitrine atrativa

Para alavancar as vendas você precisa fazer seu cliente não só ver, como se sentir atraído pela sua loja. As vitrines bem planejadas podem ajudar nisso!

Existem algumas estratégias para montar uma vitrine atrativa. A primeira delas é apostar no “menos é mais”. Portanto, não encha a vitrine com vários produtos. Escolha os mais chamativos e harmônicos.

A outra estratégia é colocar algo em movimento na vitrine, o que vai atrair muito mais o olhar do cliente. Uma boa forma de fazer isso é por meio da instalação de TVs ou painéis eletrônicos que exibam imagens e conteúdo desenvolvidos para sua loja.

Caso você consiga adotar algum tipo de tecnologia interativa, com certeza a atração no seu ponto de vendas (PDV) será ainda maior.

Explore as possibilidades do Marketing Sensorial

Já ouviu falar em Marketing Sensorial? Essa é uma das tendências do mercado moderno. O Marketing Sensorial é uma forma de diferenciar a empresa por meio do estímulo dos sentidos do cliente. Geralmente é aplicado nos pontos de venda onde há um contato direto entre o cliente e os produtos.

As estratégias sensoriais buscam conquistar o consumidor estimulando os cinco sentidos: olfato, visão, paladar, tato e audição. O objetivo é criar uma experiência única e memorável.

Mas você deve estar se perguntando como fazer isso. Uma das técnicas mais recorrentes é utilizando músicas que sejam condizentes com o contexto da loja e com o seu público. Uma loja mais jovem pode, por exemplo, criar uma playlist própria com música pop ou rock.

Usar perfumes ou essências no interior da loja também é uma forma de despertar a memória olfativa no cliente, deixando-o com bom humor e mais disposto a comprar.

Lance mão de cartões presente e cupons de desconto

Praticidade e economia: isso é tudo o que os clientes desejam hoje em dia. E a resposta para transformar esse desejo em realidade é: cartões de presente + cupons de desconto.

Ninguém quer ficar horas perdendo tempo em escolher um presente, não é mesmo? Daí a importância dos cartões presente: eles são uma solução prática para quem não quer errar na hora de presentear.

Além do mais, ninguém quer fazer um mau negócio. Por isso, ofertar cupons de desconto em seções específicas da loja traz ao cliente a certeza de que ele está tendo lucro. E isso o faz comprar!

Invista em serviços diversos para atrair clientes

Para aumentar seu mix de produtos, fazer os clientes chegarem até a sua loja ou continuarem dentro dela, você pode investir em serviços como pagamento de contas ou recargas de celulares.

Você não precisa de muito espaço ou investimento para realizar essas atividades dentro da sua loja, mas o retorno é significativo: além de lucrar mais você atrai clientes que buscam por esses serviços e acabam comprando seus produtos uma vez que estão dentro da loja.

Oferecer esse tipo de serviço vai ajudar no reconhecimento da sua marca por parte dos clientes.

Resumindo: com uma boa dose de criatividade e estratégia é possível, sim, impulsionar as vendas e atrair clientes para consumirem o seu mix de produtos.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Então aproveite e assine nossa newsletter para receber novidades e dicas para aumentar as vendas do seu empreendimento!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"