4 dicas para tornar o PDV irresistível!

Para o seu cliente, será que é a primeira impressão é a que fica ou, para ele, o “livro” não é julgado pela capa? Pode ter certeza de que ele se comporta de acordo com a primeira opção. Isso porque, hoje, o consumidor está cada vez mais exigente e espera que as empresas ofereçam a melhor experiência de compra para ele. Além da satisfação promovida pelo serviço ou produto, portanto, ele deve se sentir bem no seu ponto de venda.

O PDV é o primeiro contato que o cliente vai ter com a sua empresa. Na verdade, essa pode ser considerada a sua primeira abordagem de venda, afinal, caso ele não ache o ambiente aconchegante ou atrativo, certamente irá diretamente para a concorrência. Por isso, você deve investir em estratégias para torná-lo realmente atrativo.

Nesse post, vamos passar uma lista com 4 dicas para que você consiga sucesso neste aspecto! Confira!

1 – Padronize o design

Em primeiro lugar, na hora de arquitetar o design do seu PDV, você tem que pensar nos aspectos materiais do seu negócio. Quais são os produtos vendidos no seu PDV? Como é o logotipo do seu negócio? É preciso que tudo isso se comunique com um visual atrativo e coerente, afinal, o ideal é quando os clientes conseguem associar rapidamente as cores, a tipografia, entre outros fatores, à sua marca. Essa é uma etapa fundamental para o branding da sua empresa, ou seja, a consolidação da marca no mercado.

2 – Observe os aspectos subjetivos

Existem, também, os aspectos mais subjetivos. Por exemplo, analise e pense qual é o perfil do consumidor na hora de elaborar a arquitetura da sua loja e qual é a experiência que você quer transmitir. Esse ponto deve ser avaliado tanto do ponto de vista da arquitetura do local – um estabelecimento com um público idoso deve evitar escadas, por exemplo –, quanto do ponto de vista da decoração – a loja será mais discreta ou extravagante?

3 – Cuidado com a composição de vitrines

Se o design e a arquitetura são importantes por conta de aspectos de branding, a composição de vitrines, por outro lado, é o cartão de visitas da sua loja. A exposição correta de produtos e promoções podem ser juntas um grande chamariz. Se você não tem talento para esse tipo de exposição, não deixe de contratar algum vitrinista, ou procure entre os profissionais que já atuam na sua loja alguém com sensibilidade para a tarefa.

4 – Atenção aos Hot Points

Existem pontos na sua loja que podem induzir o cliente à compra e, portanto, é preciso que você fique muito atento a eles. Basicamente, os principais pontos são a entrada e o caixa. Exponha os produtos mais requisitados bem na entrada, para que os clientes sejam surpreendidos já no início. No caixa, por outro lado, é importante deixar alguns dos produtos mais baratos, afinal, o cliente certamente já escolheu o que pretendia, mas pode ter interesse em algum acessório, lembrancinha, entre outros itens.

Gostou das nossas dicas? Que outros aspectos você considera importante na composição do ponto de venda? Deixe o seu comentário!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.