5 dicas para otimizar o PDV

É importante que as empresas entendam que, diante de tanta oferta de produtos para o consumo, é necessário projetar e executar um Ponto de Venda (PDV) de forma estratégica. Isso porque, segundo pesquisa realizada pela Nielsen e disponibilizada no site O Negócio do Varejo, 70% das decisões de compra são feitas em frente às gôndolas.

Logo, é preciso desenvolver ações para otimizar o PDV no varejo, a fim de fazer com que ele seja atrativo e instigante.

Para ajudá-lo nessa tarefa, listamos 5 dicas incríveis. Leia e saiba mais!

1 – Layout atrativo e funcional

O layout do PDV precisa ser desenvolvido de forma estratégica. Para isso, é importante categorizar os produtos e separá-los de acordo com os setores de destino; deixar espaço entre as gôndolas para que o trânsito dos clientes seja fluído; reunir elementos que possam trazer sensações de que aquele é um ambiente agradável e harmonioso, com sinalizações claras e padronizadas; posicionar os produtos à altura dos olhos e ao alcance das mãos; dentre outras ações.

2 – Marketing Sensorial

Os cinco sentidos – olfato, audição, visão, tato e paladar – devem ser utilizados nas estratégias de Marketing do PDV para aguçar o interesse dos clientes por um determinado produto e para fazer com que a experiência fique gravada de maneira “automática” na memória.

Como exemplo, podemos citar o desenvolvimento de aromatizadores personalizados nas ações de Marketing Olfativo. Com eles, sempre que os clientes sentirem o cheiro característico de sua loja, logo farão a associação à marca.

3 – Cupons promocionais

Para atrair a atenção do consumidor até o seu PDV, crie promoções. Envie mensagens de texto com cupons promocionais aos telefones cadastrados ou imprima-os na nota fiscal — esta ação estimula compras futuras.

Com tal estratégia, além de melhorar as vendas e de fidelizar os clientes, será possível ainda ter uma visão mais precisa quanto ao comportamento de compra do consumidor, informação esta que deve ser utilizada para estimular a eficiência de outras atividades no ponto de venda.

4 – Distribuição de amostras

Quando uma empresa se propõe a distribuir amostras de seus produtos no PDV, ela permite que cliente experimente o item antes de fazer a aquisição, o que traz mais segurança e abertura à marca.

Desenvolva embalagens personalizadas, instrutivas e atrativas, contrate bons comunicadores para explicar os benefícios do item ao consumidor. Essa é uma ação que favorece o negócio, aumenta as vendas e cria uma imagem positiva da marca.

5 – Ofertas para clientes fidelizados

Não adianta criar uma oferta para chamar a atenção do consumidor e não colocá-la de maneira explícita no PDV. Ao desenvolver estratégias para a fidelização dos clientes, pense em ações que sejam de ganho imediato (como “leve dois e pague um”), de ganho em longo prazo (pontos por produtos) ou de troca (cartão presente).

Seja qual for a opção escolhida, lembre-se de que a oferta precisa ser realmente tentadora. Nada de tentar enganá-los com anúncios de boas oportunidades em compras se na hora de passar as mercadorias no caixa, o consumidor não perceber nenhuma vantagem significativa por ter sido fiel à sua marca.

Ao aplicar essas 5 dicas para otimizar o PDV no varejo, o gestor desenvolverá ações que contribuirão para o aumento do ticket médio, para o mapeamento das chamadas “zonas quentes” da loja, isto é, para identificação dos locais onde há maior fluxo de pessoas, para a fidelização dos clientes, dentre outras vantagens. Coloque em prática o que você acabou de aprender e perceba os benefícios da dinamização do ponto de venda.

Se você gostou desse conteúdo, curta a fanpage da epay no Facebook e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.