Como pequenos e médios varejistas podem investir sem colocar a mão no bolso?

Como projetar a sua loja, aumentar vendas e garantir a fidelização dos clientes? A resposta para essa pergunta, muitas vezes vem envolta pela conhecida palavrinha “investimento”. De alguns anos para cá, o investimento vem acompanhado de outro termo: “tecnologia”. Baseando-se nessa verdade absoluta, tão martelada pela mídia e formadores de opinião, pequenos e médios varejistas acabam inertes. Sem verbas para investir alto em inovações tecnológicas em suas lojas, muitos acreditam que não tem muito para onde correr.

Mas isso não é uma verdade absoluta! Dá para crescer, implantar tecnologia, atrair novos clientes e fidelizar os atuais consumidores com baixos ou nenhum investimento financeiro extra!

Mas como melhorar as vendas sem grandes investimentos?

Primeiro, é necessário aquele olhar de dentro para fora: equipe, atendimento ao cliente, funcionários bem treinados. Depois, por que não oferecer o espaço das lojas para testes de novas tecnologias de marketing indoor? Muitos fornecedores precisam testar as inovações e o pequeno varejista é perfeito para eles! Com isso, a troca acaba sendo sem custo.

Outra dica superimportante é a fidelização dos consumidores por meio da oferta de serviços de conveniência no caixa, como por exemplo: pagamento de contas, recarga de celular, ou ativação de cartões pré-pagos de conteúdo. O custo de implantação desses serviços é baixo e os funcionários recebem treinamento rápido. Os cartões pré-pagos de conteúdo que ficam à venda nos caixas, como Netflix, Uber, Sem Parar, games etc, são fornecidos sem custo à loja, assim como os displays onde eles ficam expostos. É mais um serviço e mais uma gama de produtos para os clientes da loja, porém, sem ocupação de estoque. E ainda, sobre o valor de cada ativação, pagamento ou recarga, a loja ganha um comissionamento. Ou seja, é a combinação perfeita de: baixo custo de investimento, aumento da oferta e ganho sobre margens.

Fidelização com cartão-presente!

Outro produto de baixo custo e que gera fidelização de clientes para o pequeno varejo é o cartão-presente. Aquele cartão que leva a marca da loja e é carregado com um determinado valor. Com ele, as pessoas presenteiam amigos e familiares, de forma que acabam trazendo novos clientes para a loja, afinal, eles terão que gastar o valor do cartão em compras na própria loja.

Não é à toa que nos últimos três anos, a epay tem atraído um grande número de pequenos e médios varejistas, de lojas de conveniência a supermercados, espalhados por todo o Brasil. Trata-se de ações consistentes para se fazer em loja e que de fato vão melhorar o faturamento e atrair mais clientes. A melhor equação possível para quem não queria nem pensar no tal “investimento em tecnologia”.

Para saber um pouco mais sobre assuntos relacionados às melhores práticas de mercado na gestão de empresas, dicas, ferramentas e metodologias, siga-nos em nossa página no Facebook e também no LinkedIn. 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.