O que é o cartão vale presente e como ele pode ajudar a vender mais?

Apesar da popularidade no varejo dos Estados Unidos, o cartão vale presente ainda está conquistando o seu espaço no Brasil. Pra quem não o conhece, ele se mostrar uma excelente forma de presentear alguém sem que, com isso, seja preciso se preocupar se a pessoa vai gostar ou não do item escolhido.

Em nosso post de hoje, vamos explicar o que é o vale presente e por que ele pode ser uma alternativa bastante interessante e lucrativa para o seu negócio. Confira:

O que é o cartão vale presente?

O vale presente é um cartão (digital ou físico) que funciona, basicamente, de forma pré-paga, ou seja, o cliente estipula um valor para carregá-lo – muitas vezes as lojas já estabelecem as faixas de preço disponíveis – e quem o recebe pode utilizá-lo em uma próxima compra.

Tipos de vale presente

O lojista pode disponibilizar em seu empreendimento diferentes tipos de vale presente. Entre as possibilidades, estão:

  • Compra de uma só marca (serviços ou produtos);

  • Compra em apenas uma loja (física ou virtual);

  • Compra na rede de lojas de uma mesma marca;

  • Compra em várias lojas de um grupo preestabelecido;

  • Compra online e/ou em lojas físicas;

  • Parceria com instituições de crédito ou débito (Visa, Master, American Express) para uso em qualquer loja que aceite a bandeira.

É importante notar que o vale presente também pode ser do tipo recarregável. Essa é uma facilidade que permite que novos valores sejam adicionados nele no futuro, sem que, com isso, seja preciso gerar um novo cartão.

Como utilizar o cartão vale presente em sua loja?

Após escolher o tipo de vale presente ideal para adotar em seu estabelecimento, coloque em prática algumas estratégias de marketing — de nada adianta ter este item em sua loja se o consumidor não o conhece ou nem imagina que você o vende.

Faça propaganda do vale presente

Para que as pessoas possam adquirir este produto em seu estabelecimento, é preciso que elas saibam da existência dele — elas devem ser apresentadas às facilidades e possibilidades dele. Crie ações promocionais em seus canais digitais (redes sociais, e-mail marketing, blog) e físicos (flyers, banners, folders) — treine também a sua equipe para que possam incluí-lo nos discursos de venda.

Além disso, quando uma pessoa adquire este tipo de item para presentear alguém, consequentemente mais pessoas conhecerão o seu negócio, pois o presentado terá que ir até a sua loja física ou virtual para trocar o valor recebido no cartão — podendo, até mesmo, se interessar por mais coisas que você oferece.

Prepare ações exclusivas

Que tal criar pacotes de produtos e serviços que só podem ser adquiridos com o vale presente? Esta é uma excelente estratégia para influenciar o uso dele e de levar em consideração a necessidade de giro do estoque da sua loja.

O vale presente pode, sim, ser uma ótima alternativa para quem está buscando uma nova forma de atrair uma base diversificada de clientes. E, ao mesmo tempo, oferecer a eles uma experiência de compra diferente e prática — caso essa experiência se mostre bem-sucedida, você contribuirá para a fidelização deles.

Portanto, que tal aproveitar o seu calendário de ações para investir nessa possibilidade? E se tiver alguma dúvida ou comentário sobre o tema, compartilhe com a gente. Queremos saber a sua opinião!

Para saber um pouco mais sobre assuntos relacionados às melhores práticas de mercado na gestão de empresas, dicas, ferramentas e metodologias, siga-nos em nossa página no Facebook e também no LinkedIn. 

Cartão Presente: uma ótima oportunidade para o varejo infantil

Presentear definitivamente é uma arte. Nosso artista, no caso aquele que presta a homenagem, precisa adentrar no espírito do homenageado, compreender todas as suas sutilezas, para só então escolher o presente certo. Agora, e quando falamos do espírito de uma criança? Para piorar a situação, uma criança do século XXI? Bom, nesse caso, o cenário é bem diferente.

Descobrir as preferências de uma criança envolve um esforço hercúleo que, na maioria dos casos, é completamente frustrado. Desenhos, jogos, super-heróis. Não dá pra saber o que se passa na cabeça dos pequenos. O quadro do artista, nesse caso, vira um verdadeiro quebra-cabeça que deve ser resolvido pelo engenheiro mais preparado. Mas, calma, há solução.

Certamente, o cartão presente é uma excelente oportunidade para quem atua no varejo infantil, afinal, os pais não conseguem mais acompanhar as preferências das crianças e preferem escolher apenas o fornecedor, não o presente.

Nesse post, você vai conhecer alguns dos principais motivos para investir nesse tipo de estratégia. Confira logo a seguir!

Garanta a versatilidade

O cliente que frequenta a loja tem a oportunidade de levar apenas uma lembrancinha ou um grande presente por meio do cartão presente, assim, você pode gerar um leque de possibilidades de negócios muito maior — o que certamente será revertido em mais vendas.

Em outras palavras, é possível conquistar o consumidor em qualquer tipo de data comemorativa ou ocasião, pois ele poderá presentear com o valor que bem entender, sem precisar perder tempo com o processo de escolha, o que, no caso das crianças, é bem difícil. Além disso, o cartão presente é um excelente item para gerar compras por impulso, àquelas feitas de última hora.

Aprimore seus hot spots

Toda loja possui os seus hot spots, ou bom em português, lugares quentes. São pontos no interior do ponto de venda onde o impulso para o consumo é maior, seja pela disposição dos produtos ou pela conveniência do momento. Um desses hot spots é o caixa, local destinado normalmente aos itens de menor valor, que geram as compras por impulso.

Certamente, o cartão-presente é um excelente produto para ser deixado próximo ao caixa, justamente pela versatilidade que expomos logo acima. No último momento, ainda sem saber ao certo o que procura, o cliente pode levar esse tipo de presente para algum parente, por exemplo.

Faça um convite para novas vendas

O cartão presente também pode ser encarado como um verdadeiro convite para novas vendas no varejo. Por exemplo, a criança recebe o cartão vale presente e precisa dos pais para efetuar a troca pelo produto que desejar. Ao chegar na loja, certamente se encantará com outros produtos, o que pode ser um verdadeiro impulso para novas compras.

Sem dúvidas, essa pode ser uma excelente maneira para aumentar o ticket médio do seu negócio, o que pode ser benéfico tanto para a empresa, quanto para os vendedores que desejam melhorar as suas comissões. O cartão presente, portanto, é uma solução crucial para melhorar os resultados do varejo infantil.

Gostou das nossas dicas para o varejo infantil? Gostou da ideia do cartão-presente? Então, acesse agora mesmo o nosso site e conheça as nossas soluções!

8 motivos para oferecer cartões presente em lojas online

Já falamos aqui no blog sobre algumas das vantagens de oferecer cartões de presente no varejo, mas você sabia que eles também são uma ótima opção para as lojas online? Muitas são as grandes lojas virtuais, como a Amazon, que oferecem essa opção e recebem muita aceitação dos consumidores.

É possível oferecer os cartões de presente de marca própria, o que traz inúmeras vantagens. Confira abaixo 8 motivos para investir nessa forma de pagamento no seu e-commerce!

1. Qualquer loja virtual pode oferecer

Não importa se você começou o e-commerce agora ou já trabalha com o site há algum tempo, os cartões de presente são uma boa alternativa para os dois casos. Essa é uma estratégia de marketing que pode ser utilizada tanto para fortalecer a sua imagem no mercado como para apresentar a marca aos consumidores.

E esse método só tende a crescer, pois como a aceitação por parte dos consumidores é grande, várias lojas já estão disponibilizando essa opção para os seus clientes.

Por essa razão, você não pode deixar passar essa oportunidade de conquistar mais clientes, diminuindo as chances de perdê-los para os seus concorrentes.

2. Oferece praticidade ao consumidor

Com certeza, todo mundo tem um amigo ou familiar que possui uma rotina muito atarefada e não tem tempo de ir até uma loja física trocar um cartão presente. Essa é a opção ideal para aqueles que desejam oferecer, além de uma lembrança, a praticidade para recebê-la no conforto de casa.

Tanto para quem vai presentear quanto para quem vai receber o presente, o cartão é uma ótima opção. Isso porque, muitas vezes, o consumidor não sabe exatamente o que a outra pessoa gosta e, com o cartão presente, ele oferece, ao seu amigo ou parente, a oportunidade de escolher o que ele quer.

3. Aumenta o valor do ticket

Quando a pessoa tem a possibilidade de usar o cartão presente em um varejo virtual, a vontade de aproveitar a economia e adquirir um outro produto é praticamente irresistível. Com a facilidade do e-commerce, em que é possível visualizar vários itens em questão de segundos, é fácil encher o carrinho com vários produtos.

Com isso o valor do ticket médio aumenta, pois o consumidor ficará a vontade para escolher o que desejar.

4. Estimula as compras nas datas sazonais

Algumas datas sazonais, como o Dia das Mães, Natal e Black Friday são ótimas oportunidades para as lojas virtuais personalizarem os cartões presentes e realizarem ótimas campanhas de marketing. Também é possível usar a criatividade e criar cartões de datas não tão exploradas, como o dia do amigo ou dia da tia, por exemplo.

Outro período muito importante, que tem bastante procura de cartões de presentes, são as festas de final de ano. Normalmente, como é de costume da maioria da população, são realizados os amigos secretos, uma brincadeira saudável realizada entre familiares e amigos.

Nela, cada pessoa fica responsável por presentear outra, no dia da revelação do amigo secreto. Neste momento os cartões presentes tornar-se uma ótima opção, pois quem receberá o cartão ficará muito feliz porque vai conseguir escolher o que quer.

5. Deixa o consumidor mais seguro

Você sabia que um a cada três brasileiros têm medo de realizar compras pela internet? Mesmo com a popularização do e-commerce, muitas pessoas ainda sentem-se inseguras em inserir seus dados bancários no momento do pagamento.

Com um cartão presente, o consumidor pode fazer sua compra tranquilamente, sem se preocupar com algum tipo de fraude. Um presente ideal para aquele amigo que sempre quis aproveitar a facilidade do e-commerce, mas preferiu não arriscar.

6. É fácil integrá-los nas estratégias de marketing

Os cartões de presentes podem ser integrados facilmente nas estratégias de marketing. Você pode estruturar as suas campanhas em todos os canais de comunicação. Seja por meio das redes sociais, e-mail marketing ou links patrocinados.

Essas campanhas oferecem um retorno positivo, pois ao realizá-las você segmenta o seu público, fazendo com que as promoções cheguem naqueles consumidores que realmente têm interesse no seu produto.

7. É viável elaborar estratégias de follow-up

Ao unir as estratégias de follow-up com os cartões de presente, você estará incentivando a recorrência de compras na sua loja virtual.

Isso porque, na maioria dos casos, pode acontecer do consumidor não estar precisando de nada para ele, então ele aproveita a oportunidade para comprar algo para outra pessoa.

Com isso, você consegue manter um bom relacionamento com o seu cliente, tornando-se a principal preferência dele, na hora de realizar qualquer outra aquisição.

8. Aumenta a fidelização de clientes

Quando alguém recebe um cartão de presente, você está dando a oportunidade para que esse consumidor conheça seus produtos e queira ser um cliente da sua loja online.

Para o consumidor que presenteia, você estará oferecendo comodidade. Ele não precisa se preocupar se a pessoa que receberá o presente vai gostar dele ou não, pois ela terá a conveniência de escolher o que desejar.

Com isso, você acaba ganhando a fidelização nos dois casos: com o cliente que já comprou de você, e gostou da comodidade oferecida, e com o cliente que conheceu e aprovou seu produto.

Os cartões de presente devem ser considerados como uma ótima opção para todas as ocasiões, e as lojas virtuais podem aproveitar esse recurso para aumentar a conversão e fortalecer a sua marca. Pesquise os melhores tipos para o seu e-commerce e comece o quanto antes a oferecer essa opção aos seus consumidores.

Gostou do artigo? Então, que tal aderir essa opção de cartões de presente na sua loja virtual? Entre em contato com a epay e conheça os nossos serviços e soluções pré-pagas!

Cartão Marca Própria: quando ter e para quem?

A tendência de desbancarização do brasileiro é ao mesmo tempo um desafio e uma oportunidade para os varejistas. E é dessa oportunidade financeira que surge a opção do cartão marca própria.

Você com certeza já viu todo tipo de cartões desses por aí, mas já parou para pensar se essa é uma boa saída para a sua empresa faturar mais? Nós te explicamos tudo o que você precisa saber!

O que são os cartões marca própria?

A mudança no padrão de consumo do brasileiro e na forma como ele lida com o crédito e instituições financeiras abriram caminho no varejo para opções de faturamento alternativas, além do dinheiro e do cartão de crédito bancário.

A marca cartão própria é uma solução para oferecer aos seus consumidores uma opção de crédito e facilidade de pagamento, além de garantir para a empresa um controle maior das vendas, fidelização e aumento do tíquete médio de venda.

Existem várias modalidades de cartões com marca própria. Alguns varejos, principalmente grandes cadeias, preferem usar o private label, um cartão de crédito personalizado que funciona como em uma instituição financeira.

Mas a maioria das empresas escolhe investir nos cartões pré-pagos ou no cartão vale presente que, além de oferecerem comodidade ao cliente, são incentivos para compras recorrentes e transformam o ponto de venda em mais uma frente de divulgação.

Como eles vêm sendo utilizados no mercado?

O cartão vale presente é uma solução de varejo já bem conhecida para estimular as vendas principalmente nas datas comemorativas.

Com o recente movimento de desbancarização do consumidor, eles estão ganhando força como uma opção complementar de pagamento e uma nova forma de relação entre cliente e varejo.

Com isso, o cartão vale presente está sendo usado como solução pré-paga em cartões físicos ou cartões digitais, que aumentam a comodidade para o consumidor.

Qual tipo de empresa deve adquirir uma marca de cartão?

Não existe muita restrição para um varejo que deseja contratar a solução do cartão próprio. Basta que exista um objetivo bem definido e uma estratégia bem traçada para aproveitar ao máximo a solução.

O cartão marca própria também é uma boa saída para empresas que desejam conhecer melhor o seu público e adequar seus esforços de marketing e vendas.

Com total controle da forma como esses créditos são gastos, é possível entender melhor padrões de uso, poder financeiro e se adequar aos hábitos de compra do seu consumidor.

Portanto, que tipo de empresa deve adquirir um cartão próprio? Muito provavelmente a sua. A questão não é tanto sobre o tipo de varejo ou a forma de negócio, mas o momento certo para tomar essa decisão.

Quando é o momento certo de investir em uma marca de cartão própria?

Se você começou a pensar na ideia de adotar esse tipo de solução em sua empresa, deve estar se perguntando, então, se esta é a hora certa.

Não existe uma resposta precisa para essa pergunta. O que existem são alguns sinais que podem ajudá-lo a entender o momento da sua empresa e avaliar a viabilidade do cartão próprio.

Nós listamos algumas situações que você precisa prestar atenção:

Quando você precisa aumentar o volume de vendas sem grandes reformulações

O cartão marca própria é, antes de tudo, uma motivadora de vendas. É um crédito faturado para a empresa e uma razão para que o consumidor volte mais vezes.

Ou seja, o varejo está garantindo uma receita antecipada e ainda criando um vínculo entre ele e seu consumidor. Junto com programas de atração e fidelização que falaremos mais abaixo, essa é uma plataforma muito eficiente para aumentar as vendas.

Quando for integrada a uma campanha de atração

Não é raro que os varejos usem o cartão de marca própria como um elemento em suas campanhas de atração. Geralmente isso se dá por meio de vantagens que estimulam o cliente a fazer a primeira compra.

Essa vantagem pode ser um desconto inicial ou um brinde para o consumidor novato. É possível criar campanhas do tipo tanto em private labels como em cartões pré-pagos digitais (ou os convencionais, caso integrados com um sistema de cadastro).

O importante é que esse primeiro contato seja tão atraente e prático que converta o cliente ao mesmo tempo para a venda e para a fidelização. Lembre-se, além de presentear com os vales, as pessoas costumam dar dicas de compra umas às outras o tempo todo.

O cartão presente marca própria pode se tornar um instrumento de campanha boca a boca, bom o suficiente para que o cliente sinta vontade de divulgar por conta própria como ele está levando vantagem em suas compras.

Quando o objetivo é fidelizar o consumidor

A grande vantagem do cartão marca própria é a possibilidade de reter um cliente de uma forma muito mais efetiva do que a maioria dos programas de fidelização.

Isso acontece porque o consumidor que adquire um cartão pré-pago está convertido automaticamente. Ele vai voltar. Saber trabalhar com essa relação pode alavancar o faturamento, já que a comodidade do uso do cartão fará com que o cliente compre sempre no mesmo lugar.

Quando o objetivo é conhecer melhor o consumidor

Este ponto é mais claro em cartões private label pós-pagos, mas são também uma oportunidade nos pré-pagos para coletar dados financeiros e hábitos de compra.

Você pode usar as informações de uso do próprio cartão aliadas a campanhas de fidelização e pesquisas de hábitos de compra para traçar um perfil bastante preciso do seu público-alvo.

No futuro, você terá uma boa base de dados também sobre frequência de compras, preferência de uso de crédito e hábitos de pagamento dos clientes fidelizados.

Aumentar vendas, atrair, conhecer e fidelizar. A marca de cartão própria é uma solução incrível para quem busca alavancar o faturamento, uma que não está mais restrita às grandes cadeias do varejo e com volumes absurdos de venda.

Quem sabe a sua empresa não seja beneficiada com essa solução? Pense bem nos itens que descrevemos, analise com atenção as opções no mercado e tome essa decisão agora!

E se você gostou dessa dica, assine a nossa newsletter. Você receberá diretamente no seu e-mail muitos outros artigos para ajudar a sua empresa a crescer e faturar mais!

Marketing para varejo: veja como fazer o planejamento anual

Como você sabe, o marketing tradicional é direcionado aos aspectos do produto e da marca. Já o marketing para varejo é diferente. Ele se destaca pela forma com que a empresa se comunica com o consumidor.

É um recurso que busca entender o comportamento do público-alvo, seus desejos e necessidades para, em seguida, definir ações estratégicas para aumentar as vendas.

Por esse motivo, o plano de marketing deve ser preparado com muito cuidado. Caso contrário, a sua estratégia pode resultar em desperdício financeiro e causar um impacto negativo no consumidor.

Pensando nisso, nós preparamos um passo a passo para você começar a elaborar o seu planejamento anual, com alguns exemplos práticos e insights valiosos. Acompanhe:

1 – Leve o perfil do cliente em consideração

Antes de definir objetivos, orçamentos e elaborar estratégias para o seu planejamento de marketing, é importante mapear o perfil do seu público-alvo, pois ele é o personagem principal dessa história toda. Certamente você já tem esses dados prontos, basta adicioná-los ao plano.

Priorize as informações mais relevantes, como idade, sexo, localização geográfica, preferências, histórico de compras, entre outros que considerar interessante. Quanto mais você souber sobre o seu público, mais será fácil conquistá-lo.

2 – Defina os objetivos da sua estratégia

O que você pretende conseguir quando colocar o seu plano em prática: aumentar a sua participação no mercado, criar mais engajamento com a marca, aumentar as vendas? Definir os objetivos da sua estratégia é uma das etapas essenciais do planejamento, pois todas as ações são pensadas com base nos resultados que você deseja atingir.

Por exemplo, vamos supor que o seu principal objetivo é aumentar as vendas. Nesse caso, você pode considerar as seguintes ações:

  • aumentar a popularidade da sua marca entre o público X;

  • expandir as ações de marketing digital;

  • melhorar o relacionamento com os clientes;

  • revitalizar o atendimento nos pontos de venda.

3 – Estipule metas alcançáveis com base na situação real

Depois de definir os objetivos, o momento é oportuno para traçar as metas. Para isso, você vai precisar consultar relatórios que apontem as estatísticas de desempenho das vendas passadas. Se o objetivo é vender mais, quanto é, exatamente, esse “mais”?

Leve em consideração o material que você tem no estoque ou pretende adquirir para suprir a demanda. Também é fundamental analisar o seu sistema de logística e entrega, para garantir que a sua meta seja realista e alcançável.

É interessante que você seja bem específico com outras metas futuras, como: converter X visitantes em leads, conseguir X acessos em dois meses etc.

4 – Faça o orçamento das despesas do marketing para varejo

Muitas empresas costumam cortar o orçamento de marketing sempre que uma crise se manifesta. Acontece que isso é um erro, pois as pessoas não param de comprar: elas se tornam mais seletivas. Nesse cenário, só vai vender bem quem investir em ações para fidelizar o cliente.

Por isso, crie um fundo de reserva para suas campanhas e defina o valor do orçamento que será investido em cada projeto separadamente. Lembre-se de que isso é essencial para o crescimento e a sobrevivência do seu negócio.

5 – Use a criatividade para desenvolver ações estratégicas

Essa é o momento de desenvolver as ações de forma que elas estejam alinhadas com objetivos, metas, público-alvo e orçamento. Um planejamento que tem como objetivo aumentar as vendas pode desenvolver diversas atividades para alcançar esse resultado. Vamos ilustrar com alguns exemplos:

Diversificar o mix de produtos

Perceba que um aspecto precisa do outro: se você diversificar o mix de produtos mas não investir em marketing, quem vai comprar? O contrário também é válido: o que esperar de uma campanha de marketing matadora, se os pontos de venda estão sem nenhuma novidade para oferecer?

Portanto, fique antenado com as tendências e atualize seu estoque para atrair a demanda. Cuidado também com aqueles produtos da moda que possuem vida sazonal. É sempre bom evitar compras desnecessárias para não ficar com mercadoria parada no estoque.

Investir em marketing digital

A sua empresa deve se manter sempre em evidência na internet. Afinal, nos dias de hoje, quem não tem um celular conectado à grande rede? O melhor lugar para você estar é onde o seu público está.

Se o seu negócio já possui um blog e perfis nas redes sociais mais populares, é hora de você avaliar o desempenho dos indicadores, como quantidade de acessos, seguidores, e compartilhamentos. Se for o caso, você vai precisar investir em produção de conteúdo relevante para aumentar o engajamento com seus clientes.

Oferecer cartão presente pré-pago ou o famoso vale presente

Todo mundo vivencia diversas situações em que precisa presentear outra pessoa. Um dos problemas é tempo para visitar as lojas e fazer a melhor opção. Para facilitar a vida desse cliente, a ideia é oferecer cartões presente pré-pagos que funcionam como vale-presente.

Dessa forma, além de resolver um problema do cliente, que estava com pouco tempo e não sabia o que presentear, você vai receber outros consumidores na sua loja. O fluxo de pessoas vai aumentar e as vendas também. Afinal, visitantes se transformam em clientes.

6 – Escolha os indicadores

A escolha dos indicadores também é uma etapa importante, pois é preciso saber de que maneira acompanhar e fazer uma avaliação precisa das ações colocadas no planejamento.

Utilize aqueles considerados mais apropriados para apresentar os resultados de acordo com os objetivos propostos. Por exemplo: número de vendas por produto, conversões de leads em clientes, taxa de abertura de e-mail marketing, links mais acessados, entre outros.

7 – Monitore os resultados em tempo hábil

Considere a sua estratégia de marketing como uma ciência: estude, analise, faça testes, comprove, promova mudanças e mude o foco, se for necessário. Jamais dê o ponto de partida e fique esperando para ver o resultado.

É preciso acompanhar os indicadores para saber o que está dando certo e o que precisa melhorar. Se você monitorar os resultados vai conseguir evitar problemas, retrabalho e desperdícios. Além disso, esse recurso permite uma visão abrangente de onde você está e de aonde quer chegar.

Como você viu, o marketing para varejo não é uma ação apenas para vender produtos, mas uma forma de pensar e criar soluções práticas para atender às expectativas do seu público.

Gostou das dicas? Aproveite para ler também: como aproveitar melhor o frente de caixa da sua loja para vender mais?

 

O cartão vale presente é uma boa opção em datas comemorativas?

As datas comemorativas são períodos em que, geralmente, o varejo costuma elevar as suas vendas. No entanto, essa mágica não funciona sozinha e não adianta esperar a boa vontade do público em comprar, ainda mais em um momento econômico tão complicado para a população como o atual.

Logo, se soluções criativas e que estimulem as pessoas a consumirem não forem implementadas, as datas festivas serão como outras quaisquer. Por isso, propomos a utilização do cartão vale-presente.?

Só para recapitular, os cartões vale-presente são pré-pagos e com seus valores carregados pelo cliente ou estipulados pela loja. Eles podem ser digitais ou físicos e os presenteados ficam à vontade para gastar posteriormente.

Neste artigo, mostraremos como essa solução é interessante tanto para o lojista quanto para os clientes. Continue acompanhando:

Vantagens do cartão vale-presente?

Para você ter uma ideia de que o investimento nessa modalidade durante as datas comemorativas vale a pena, separamos uma pequena lista com os seus três principais benefícios. Confira:

Ideal para quem não sabe como presentear?

Muita gente tem dificuldade de encontrar os presentes certos para dar nos momentos especiais. Visando compensar esse pequeno problema, uma saída interessante para esse público é vender cartões vale-presente personalizados da loja. Com isso, as pessoas dão aos presenteados a liberdade de escolherem o que bem entenderem, e que estejam dentro do valor adquirido.

Esse modelo é interessante também porque se adapta a qualquer comemoração, como aniversários, dia dos namorados, dia das mães, Natal, etc. Para cada momento, o cartão vale-presente pode ser usado de uma forma diferente. Uma solução flexível tanto para quem presenteia quanto para quem é agraciado.

Atrai mais clientes para a loja?

Quando usados em datas comemorativas, os vale-presentes garantem a presença de um cliente a mais na loja. Pois a partir do momento que uma pessoa adquire um cartão pré-pago no intuito de presentear alguém, a pessoa que o recebe tende a se tornar um cliente — ou ao menos ela já passa a ter contato com sua marca. Isso ajuda a aumentar o fluxo de pessoas dentro das lojas, gerando mais oportunidades de vendas.

Ganho extra de receitas?

Se há mais gente visitando a loja e trocando os vales por produtos, há também maiores chances de comprarem mais e, assim, aumentar as receitas do seu negócio.

É o que acontece nas compras extras, ou seja, quando o cliente presenteado resolve adquirir mais produtos além do limite do cartão, gastando somente o excedente. Por exemplo: ele tem um cartão vale-presente de R$ 100,00 e troca por R$ 120,00 em compras. Nesse caso, ele só gastará 20 reais.

Você também pode sair no lucro ao ganhar com o saldo residual (a sobra que não é gasta). Os cartões geralmente possuem valores diferentes dos produtos. Ex.: Cartão de R$ 50,00 e produto mais próximo desse valor a R$ 47,90 — essa ainda é uma diferença pequena, pois há situações nas quais sua loja pode faturar ainda mais.

Tipos de loja que usam esses modelos de cartão?

A utilização de cartões vale-presente já é difundida em muitos players conhecidos do mercado. A forma como é disponibilizado pode variar entre modelos digitais e físicos, entre os valores do cartão (25, 50, 100 até 2.000 reais, por exemplo) ou pela validade (30, 60, 90 dias, etc.).

São algumas das categorias e marcas que aderem ou já aderiram a essa solução:?

  • Varejistas: Pão de Açúcar, Extra, Casa&Vídeo;

  • Livrarias: FNAC, Saraiva;

  • Moda e acessórios: Dafiti, C&A, Marisa;

  • Eletrônicos: Amazon, Fast;

  • Bandeiras de cartão de crédito: MasterCard, Visa, dentre outros.

Benefícios para quem compra o vale-presente

Claro que se o cartão de presente beneficiasse apenas a loja, nenhum cliente compraria. A utilização dos vales também oferece grandes vantagens para quem compra o cartão e para quem recebe. Veja aqui 3 destes benefícios:

Mais tempo para decidir o que comprar

Um problema comum na hora de entregar um presente é o tempo curto. Ninguém quer perder a data da comemoração e entregar o presente atrasado, mas também pode ser que aquilo que o presenteado realmente quer esteja fora de estoque.

Com um vale-presente, por outro lado, é possível dar mais tempo ao presenteado para conseguir aquilo que realmente deseja, sem perder a chance de entregar algo no dia da comemoração.

Economia em pacotes maiores

Uma vantagem oferecida na maioria dos cartões de presentes é um bônus de crédito sobre grandes compras. Quando alguém compra um vale-presente em um valor bem alto, pode ser que o crédito oferecido no cartão seja maior do que o valor pago.

Por exemplo, um cartão de R$200,00 pode chegar com R$250,00 em crédito, como incentivo. Essa economia torna o vale ainda mais atrativo na hora de entregar um presente mais caro.

Variedade de opções

Apesar de algumas lojas oferecerem cartões de presente próprios, muitas trabalham com uma grande rede que atende outras lojas. Isso significa que não há aquela restrição sobre o tipo de produto ao qual o presenteado terá acesso. Ele não será obrigado a escolher uma roupa, um objeto de decoração, um livro ou um carro necessariamente.

Possibilidade de fazer múltiplas compras

Algo importante a se lembrar é que um vale-presente não equivale a apenas um produto. Ele é um valor de crédito que pode ser trocado por vários itens, desde que o total esteja dentro do valor estipulado. E mesmo que a compra fique acima desse valor, ainda é possível completar com outras formas de pagamento, como cartão e em dinheiro.

O cartão vale-presente é um recurso interessante porque traz vantagens para todos os envolvidos nesse processo de compra. O primeiro é o cliente, que tem dificuldades para escolher um presente e opta por uma solução flexível.

O presenteado, que fica livre para escolher quantos presentes caberem dentro do orçamento do cartão. Por fim, a loja, que recebe novos clientes, fatura com um saldo antecipado e ainda pode aumentar as vendas em aquisições extras.

Percebeu como o cartão vale-presente pode trazer bons resultados para as suas lojas nas datas comemorativas? Para saber mais sobre essas e outras vantagens para o seu negócio, assine nossa newsletter!

Cartão Vale Presente para o varejo: vale a pena investir? Veja as vantagens

Presentear pode ser uma tarefa difícil. Muitas vezes, a pessoa está cheia de boas intenções — e tem dinheiro para gastar — mas a dúvida do que adquirir pode acabar representando, para sua empresa, uma venda perdida. O vale presente para o varejo pode ser uma ótima alternativa para esses casos, tanto para o cliente como para o seu negócio.

Ainda não conhece as vantagens dessa solução? Tire suas dúvidas no nosso artigo de hoje!

Cartão vale presente e datas comemorativas

Seu negócio provavelmente já enfrentou (ou vai enfrentar) as grandes datas comemorativas no calendário. Seja Natal, Dia dos Namorados, Mães, Pais, Crianças ou até a Páscoa, o fato é que nesses períodos você vai ter muita procura de gente querendo comprar um presente para outra pessoa.

Só que existe uma certa pressão para encontrar a melhor solução. O cartão vale presente da sua loja pode entrar em cena aí como uma solução perfeita para tirar esse peso dos ombros do cliente.

Seja físico ou digital (código para usar no site), ele permite que o comprador estipule o valor para presentear ou escolha entre as opções/faixas de valor que sua loja oferece.

E quando falamos em presentear pessoas que estão longe, ele pode ser a melhor solução para poupar dores de cabeça do cliente, que não precisa se preocupar com o transporte e a entrega do item para o presenteado.

Buscando as melhores ocasiões para oferecer o cartão vale presente

Seu estabelecimento não precisa estar apenas focado nas grandes datas para oferecer o cartão vale presente. Ele também pode ser uma alternativa tentadora para muitas outras ocasiões.

Dependendo da sua área de atuação, você pode oferecer essa solução para grupos. Quer um exemplo? Uma colega grávida no trabalho e um grupo resolve se reunir para presenteá-la. O cartão vale presente da sua loja pode ser a solução perfeita, deixando que a futura mamãe escolha os itens, em vez de preocupá-la tendo que trocar um presente repetido ou que não tenha gostado.

Aumentando o fluxo de clientes

Outra vantagem é que o cartão vale presente acaba atraindo novos clientes para a sua loja, ou fazendo antigos compradores retornarem. Isso sem ter um custo de aquisição para ele. O interessante aqui é procurar ações para conquistá-lo e fidelizá-lo no ato do uso desse cartão.

Além disso, com um bom atendimento, uma boa seleção de produtos e serviços de qualidade, é possível fazer, inclusive, que ele gaste mais do que o valor do cartão.

Se uma pessoa ganhou um cartão vale presente de cem reais para comprar uma mochila, por exemplo, ele pode acabar escolhendo um modelo mais caro e complementar o valor.

Benefícios de adotar essa modalidade de pagamento

A utilização do cartão vale presente já está sendo cada vez mais difundida no mundo. Isso é bom tanto para o consumidor, que tem sua experiência de compra facilitada, quanto para os varejistas, que podem atender seus clientes mais rapidamente e com maior eficiência.

Em viagens internacionais, por exemplo, os cartões de presente são bem mais econômicos que utilizar o cartão de crédito ou o cheque viagem, já que as taxas sobre compras internacionais têm crescido nos últimos tempos.

A importância da experiência do consumidor

Oferecer uma experiência de compra de melhor qualidade para os clientes é vital para que eles retornem à compra. Coisas que, para um pequeno lojista, possam parecer sem importância, são pontos-chave para melhorar a relação entre o consumidor e a empresa.

Atendimento, canais de comunicação, variedade, acessibilidade, tudo é levado em conta quando o cliente decide se retorna ou não para sua rede. E qualquer ferramenta que contribua a seu favor é válida.

Como o cartão presente pode contribuir com essa experiência

Existem vários motivos para as empresas de varejo adotarem os cartões vale presente. De forma geral, eles beneficiam tanto a parte do consumidor quanto da loja, facilitando várias etapas do processo e melhorando a experiência de compra de forma geral. Veja alguns exemplos de benefícios do cartão presente:

Liberdade de escolha

Um dos propósitos de comprar um cartão em vez de um presente é que nem sempre se sabe o que o presenteado quer. No lugar de correr o risco de comprar algo que não seja do agrado de alguém, ou ter que fazer uma troca, o melhor é deixar o cartão com a pessoa e permitir que ela mesma escolha seu presente.

Prazo maior para compra

Outra vantagem do cartão para a experiência do consumidor é que ele possui um prazo de validade estendido, ou seja, ao contrário do prazo estipulado para troca de produto (geralmente 30 dias), geralmente o consumidor pode trocar seu crédito no prazo médio de 180 dias. 

Caso não haja nada do interesse do presenteado no momento em que ganhou o cartão, ele pode guardá-lo e esperar até encontrar alguma coisa que chame sua atenção. Aí, sim, ele usará o presente que ganhou.

Possibilidade de ganhos maiores

Vale lembrar que o cartão vale presente é um produto que pode render um ganho extra, já que 80% dos clientes trocam por valores acima do que o recebido como presente e 3 a 8% deixam valor residual. 

E, então, ficou interessado em saber como o cartão vale presente pode ajudar você a vender mais? Entre em contato com a nossa equipe e tire todas as suas dúvidas!