Como alavancar as vendas no varejo com cartões pré-pagos?

Os cartões pré-pagos estão em alta entre os consumidores, tanto para realizar compras em estabelecimentos físicos como em sites nacionais e internacionais. Mas este instrumento facilitador dos negócios ainda não tem sido devidamente aproveitado pelos empresários, principalmente quando pensam em alternativas de como alavancar as vendas no varejo.

Por meio de um cartão pré-pago, o usuário pode colocar créditos em moeda nacional ou estrangeira e utilizá-lo para efetuar compras, que ficam limitadas ao valor do seu saldo. Desta forma, os compradores compulsivos e os compradores que não controlam o orçamento pessoal/familiar ficam protegidos de exceder os gastos — e no caso de compras internacionais, o custo do produto adquirido não fica sujeito a variações de câmbio.

Neste post, vamos esclarecer como os cartões pré-pagos estão movimentando o comércio e ampliando as vendas. Confira:

Supere os obstáculos às vendas

Para ter um cartão pré-pago, o interessado não tem que passar por uma análise cadastral para liberação de crédito e nem mesmo precisa comprovar renda, já que só pode utilizar o cartão se carregar previamente com o valor desejado.

Do lado da empresa, o cartão pré-pago minimiza o uso do parcelamento de compras pelos clientes com carnês, reduzindo o volume de trabalho do departamento de crédito e, consequentemente, a inadimplência. Ele impede também as perdas de vendas quando o cliente não tem comprovação de renda. Ainda agiliza a finalização da compra pelo cliente em sua passagem pelo caixa físico ou virtual e trata-se de um pagamento a vista, que reduz drasticamente o prazo de recebimento do crédito.

Aumente as vendas calibrando a sua competitividade

Atualmente, muitas empresas conhecidas estão aderindo ao cartão pré-pago como meio de pagamento de seus produtos e/ou serviços, dentre elas Netflix, Saraiva, Pão de Açúcar, Walmart e a Google Play. Não deixe a sua empresa perder espaço para a concorrência, já que esta modalidade está ganhando a preferência de muitos consumidores e abrindo o mercado para clientes que não tinham acesso ao cartão de crédito convencional.

Disponibilize o vale presente

Uma modalidade de cartão pré-pago é o vale presente, cujo interessado adquire e carrega no valor de um presente que ele pretende entregar a alguém, mas que permite ao presenteado a livre escolha do item desejado — esta modalidade de cartão pré-pago é ideal, pois gera antecipação de receita.

Conquiste novos clientes

Os cartões pré-pagos estão abrindo o mercado para as pessoas que não tinham cartão de crédito ou que o tem, mas se sentem inseguras em realizar compras online — nestas transações é possível gerar um número de cartão virtual que vale especificamente para uma compra pela internet, o que deixa o usuário e comerciante tranquilos, já que impossibilita fraudes.

No momento de estabelecer estratégias de como alavancar as vendas, considere trabalhar com cartões pré-pagos no seu estabelecimento, pois facilitam a vida dos clientes, dando maior segurança na realização da transação comercial, evitando descontrole financeiro e reduzindo custos (não têm taxa de anuidade) e sobretudo multiplicam as oportunidades de negócios.

Você já conhecia algumas dessas dicas de como alavancar as vendas no varejo com cartões pré-pago? Já adotou essa estratégia? Compartilhe com a gente a sua experiência!

Para saber um pouco mais sobre assuntos relacionados às melhores práticas de mercado na gestão de empresas, dicas, ferramentas e metodologias, siga-nos em nossa página no Facebook e também no LinkedIn

Finalidades dos cartões pré-pagos que você não conhecia

O uso de cartões pré-pagos vem se tornando cada vez mais comum entre os brasileiros. Algumas finalidades dos cartões pré-pagos são bem conhecidas: uso durante viagens, por empresas, pessoas sem conta bancária ou por aqueles que estão inadimplentes e com seus CPFs registrados em órgãos de proteção ao crédito.

No entanto, este produto é extremamente versátil e tem muitas outras finalidades menos obvias. Conheça:

1 – Compras em supermercados

Essa é uma funcionalidade muito interessante para empresas e pessoas físicas que disponibilizam vale refeição ou alimentação para seus funcionários. Basta carregá-lo mensalmente com o valor definido para que o trabalhador receba o benefício. Em contrapartida, o supermercado pode oferecer algum diferencial para os funcionários desta empresa. 

2 – Abastecimento de veículos

Há também o cartão pré-pago especialmente emitido para uso em redes de postos de combustíveis. Sem anuidade ou mensalidade, o cliente o carrega por boleto ou realiza uma transferência pela internet, podendo utilizar o valor em toda a rede conveniada.

Ele contribui para que o usuário tenha que carregar uma quantia menor de dinheiro, tornando-se, assim, mais prático e seguro. Além disso, pode ser de titularidade de pessoas físicas ou jurídicas.

3 – Cartões pré-pagos de assinaturas e entretenimento

Aquisições online de conteúdo, aplicativos e jogos só podiam ser feitas com cartões de crédito ou tradicionais. Mas com os cartões pré-pagos, mais pessoas vêm adquirindo produtos em lojas mobile e assinando serviços de streaming e música “on demand”.

O consumidor só precisa comprar qualquer um desses cartões e inserir o código no site ou loja de aplicativos para a finalizar a aquisição ou assinatura. Na hipótese de sobrar crédito, ele é vinculado à conta do cliente e pode ser usado para compensações posteriores.

4 – Cartões para uso em viagens

Para fugir de taxas e juros de cartões de crédito convencionais e não depender da sorte para a baixa ou alta do dólar ou euro, esse tipo de ferramenta proporciona grande economia ao viajante.

Para usá-lo, o proprietário pode carregá-lo tanto em real como também com a moeda do país de destino. Durante a viagem, as compras e demais gastos poderão ser feitas no débito ou no crédito à vista.

Isso dispensa a espera pela fatura do mês seguinte, com cobrança de conversão, juros sobre os serviços de banco e bandeira, e ainda uma possível alta do dinheiro de outro país.

5 – Cartões corporativos

Dentro da divisão da plataforma para viagens, há o cartão para organizações que precisam arcar com despesas dentro e fora do Brasil — voos domésticos, custos de transporte e hospedagem podem ser cobertos pelo cartão pré-pago corporativo.

6 – Premiação de funcionários

Essa é uma solução relativamente nova e menos utilizada que as demais. Porém, é uma rápida e econômica forma de distribuir prêmios a equipes ou dar uma lembrança de final de ano, por exemplo. A empresa precisa apenas encomendar a quantidade necessária e os valores com os quais deseja que os cartões pré-pagos sejam carregados.

Os funcionários recebem e podem escolher sacar o valor na rede conveniada ou utilizar em compra ou aquisição de serviço em algum estabelecimento que o aceite a bandeira administradora impressa.

A modalidade pré-paga de cartões evoluiu e segue em expansão, aumentando a comodidade e a quantidade de soluções disponíveis para pessoas físicas e jurídicas simultaneamente. E, com isso, podemos afirmar que para cada necessidade de pagamento, recebimento ou consumo há um serviço sendo oferecido ou desenvolvido.

Você já conhecia essas finalidades do cartão pré-pago? Qual é a mais útil para você? Compartilhe com a gente a sua opinião sobre o assunto!