NRF 2018 – A era da personalização

A massificação, que já tinha seus dias contados, teve seu fim decretado oficialmente na NRF Retail’s Big Show 2018.

Ouso dizer até que em alguns anos não haverá mais espaço para um produto ou serviço igual ao outro!

Tecnologia e Inovação

No principal evento de varejo do mundo, como era de se esperar, muito se falou em tecnologia e inovação e diversas soluções como softwares de mapeamento de lojas e da jornada de compra do consumidor, gôndolas inteligentes e com comunicação digital de preços e marcas, robôs programados para leitura de gondolas com foco em identificar rupturas e cumprimento de planogramas, produtos wearables, dashboards para medição de trafego e comportamento de compras, realidade virtual (VR), realidade aumentada (AR) e inteligência artificial (AI) foram apresentadas.

A separação entre físico e virtual é cada vez menor. E isto ficou bastante evidente na área destinada para o Innovation Labs, um dos espaços mais visitados do evento, onde estavam disponíveis soluções como mapeamento de pés para lojas online que mostram para o consumidor indicadores importantes que sinalizam qual o melhor tipo de tênis para sua passada, e as lojas online onde o produto está disponível, ou ainda soluções de VR (realidade virtual) onde o consumidor assiste a um filme publicitário no óculos VR e no final tem acesso direto a loja para compra dos itens utilizados no filme.     

Nas palestras, renomados profissionais da indústria e do varejo global, tais como: James Curleigh        (Le´s), Jennifer Bailey (Apple), Lee McCabe (Alibaba), Rachel Shechtman (STORY), Doug McMillon (Wal-Mart), Helena Foulkes (CVS), Silvia Campello (Cosabella), Kris Miller (eBay) compartilharam cases de sucesso, tendências tecnológicas e tendências & inovações que transformarão o shopper experience nos próximos anos.

O que já está sendo feito?

No Brasil, há diversas ações que caminham neste sentido. Há inclusão de inteligência artificial, big data, analytics e ferramentas relacionais para ajudar no mapeamento de perfis, necessidades e comportamentos de consumo avançam principalmente nos negócios online e promovem um melhor marketing digital, uma melhor experiência de compra e como consequência a  fidelização do consumidor a marca.

Estes estudos têm sido tão importantes que até as instituições bancárias, que resistiram por bastante tempo, estão se reinventando e oferecendo novas possibilidades de pagamentos, novos serviços e produtos digitais para atender à necessidade e a conveniência aos seus clientes.

Sem dúvida, as portas estão abertas e as possibilidades para estar em linha com este movimento são inúmeras. Cabe aos gestores se manterem atentos e explorarem da melhor forma as soluções já disponíveis, garantindo assim o crescimento e a competitividade dos seus negócios. 

 

Rogério Lima é diretor de Marketing e Vendas da epay Brasil. Atuou em empresas como Natura, Nestlé, DPA, Warner Bros, Universal Pictures e Euronet Wordwide/epay. É formado em Propaganda e Marketing pela Universidade Paulista, com MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV-SP.

Ao longo de sua carreira diversificada teve a oportunidade de conhecer diferentes culturas e ambientes organizacionais, incluindo projetos no Chile, e participação em conferências e workshops na Inglaterra, EUA, Alemanha, França, Suíça, Espanha e México.

Para saber um pouco mais sobre assuntos relacionados às melhores práticas de mercado na gestão de empresas, dicas, ferramentas e metodologias, siga-nos em nossa página no Facebook e também no LinkedIn

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.